20 janeiro 2017

Pedido




Sabe todas as vezes que eu fazia um pedido ao apagar as velinhas, ao ver o bater da meia noite no relógio, ou até mesmo ou até mesmo quando vi uma estrela cadente; Eu sussurrava bem baixinho em pensamento pra ninguém escutar: " Eu quero um amor que cure, que dure, que seja".Eu desejei você.

Que cure porque nos momentos que eu mais precisei você estava ali me ajudando a cicatrizar as feridas. Que dure porque a gente vai durar pra sempre e pra sempre ainda é pouco pra tanto amor. 

Que seja porque você é o meu motivo de acordar todos os dias, oque torna minhas tardes mais alegres, é oque me faz sonhar a noite tanto dormindo quanto acordada. Você é oque me faz desejar um presente e um futuro ao seu lado. Você é simplesmente meu melhor pedido; 

12 setembro 2016

A Bela adormecida moderna


A Bela adormecida moderna jamais espetara o dedo em uma roca de fiar, alias ela nem sabia oque era tal instrumento ou para que servia. A nossa Bela era uma garota da era das redes sociais onde os relacionamentos começavam rápido e terminavam mais rápido ainda. Ela dormia para esquecer a dor no peito e a frieza no coração das pessoas afinal o mundo era mais bonito em seus sonhos e acordar era um triste confronto com a realidade.

Mas oque a despertou dos seus longos dias e noites de sono não foi o beijo do príncipe encantado e sim a vontade da nossa princesa o desejo de viver. Afinal sonhar é bom, mais viver presa num sonho não é realmente viver. Pois a vida nos exige força e coragem e
não é fácil enfrenta-la, mas isso a Bela tem sobra.


Nossa princesa deixou a coroa de lado e vestiu a armadura, abandonou os muros do castelo e foi enfrentar a vida como ela é com os seus encantos e desencantos. Sonhar é bom, mas viver é gratificante ainda assim se as coisas ficam difíceis a gente pode se esconder embaixo das cobertas, mas só um pouco. Afinal de contas o mundo é bonito tirando alguns danos e seres humanos. 

08 setembro 2016

A menina do lenço vermelho


Leandro era um jovem de 17 anos tinha a pele clara, cabelo escuro e olhos castanhos. Ele estava muito deprimido pois seu pai havia morrido há dois meses em um acidente de carro. Como era fevereiro sua mãe resolveu manda-lo para passar as férias na casa de seu tio na Praia do Anjos. Seu tio era um homem gentil com a face desgastada pelo tempo.

Chegando lá leandro cumprimentou seu tio meio sem animo e foi caminhar na beira da praia. A cidade era um lugar pequeno com poucos moradores ele estava caminhando a beira mar, parou
e sentou-se em na areia em um lugar que não tinha ninguém próximo. Olhando para o mar ele tentou refrear as lágrimas, mas elas insistiam em cair pelo seu rosto,

Naquele momento ele percebeu uma linda garota ela tinha longos cabelos escuros, olhos castanhos e a pele levemente dourada pelo sol. Ela deu um sorriso tímido, estendeu a mão para ele com um lenço vermelho. Com um olhar foi como se ela dissesse tudo oque ele precisava ouvir. Então ela  peguntou:

- Eu posso me sentar?
- Pode sim. -Ele respondeu.
- Então você também sofre por amor? -Ela indagou.
- Por amor não, pela falta dele. -Ele respondeu.
- Entendo. -A garota disse.
- E você sofre por amor. - O garoto perguntou?
- É como naquela musica " Eu me apaixono todo dia é sempre a pessoa errada ".

Os dois conversaram a tarde inteira e logo viraram amigos e passavam quase o tempo todo juntos e logo a amizade virou amor que subiu a serra pois os dois moravam na mesma cidade. 

23 abril 2016

Cigarros e estrelas


Era uma noite gelada eu já tinha tomado 2 doses de vodka a após cada  dose eu ia na rua e acendia um cigarro. Uns minutos antes de sair para aceder meu terceiro cigarro notei que um rapaz me encarava do outro lado do bar, virei o copo e fui concluir a minha rotina de cigarro após vodka.  Sai do estabelecimento fui procurei o isqueiro no bolso do casaco inutilmente enquanto procurava notei a porta se abrindo era o rapaz do bar.

- É isso que a senhorita procura?  - Disse ele com meu isqueiro na mão.
- Sim, obrigada.  –Agradeci enquanto pegava o isqueiro e acendia o cigarro, ofereci um pra ele.
- Não fumo, obrigada. –Respondeu ele.
Guardei a carteira e me mantive em silencio.
- Noite bonita? Não? –Acrescentou ele.

Olhei para o céu e realmente estava uma linda noite com o céu coberto de estrelas.
- Sim. –Assenti com a cabeça.
- Por que você bebe e fuma tanto? –Perguntou ele.
- Porque eu prefiro me destruir por dentro do que deixar que alguém o faça. –Respondi          
- Acho que alguém já o fez. Moça oque aconteceu com você?  Esqueceu seu brilho em casa? Em qual esquina da vida perdeu seu sorriso? Qual foi o iceberg que congelou o seu coração?  Qual foi a ultima tempestade que inundou os seus olhos? – Ele me atingiu com uma chuva de perguntas.

- Essa tempestade se chama amor. –Respondi
- Oh o amor como ele pode ser tão doce e tão amargo ao mesmo tempo? Ele tem uma bipolaridade que nenhum tratamento controla. Mas não desista do amor moça assim como ele tem as suas faces tristes também possui as mais belas. E por falar em faces belas antes de não desistir do amor, não desista de si mesma você é linda, seu sorriso ilumina mais que o sol, seus olhos quando estão brilhando brilham mais que um pote de purpurina.

Fiquei perplexa com oque ele disse ele sorriu virou as costas para mim e entrou no bar, quando dei por mim estava indo atrás dele, não o encontrei perguntei para o garçom onde estava o menino que tinha saído junto comigo. Ele me olhou meio confuso e disse que nenhum garoto tinha ido lá fora depois que eu sai e que não viu ninguém perto de mim a noite toda.


Quando eu era criança minha vó costumava dizer que as vezes os anjos desciam do céu disfarçados de humanos para nos mostrar o caminho certo a seguir. A partir daquele dia comecei a acreditar nisso, voltei a sorrir parei de fumar e 6 messes depois encontrei o meu anjo de carne e osso e estamos bem obrigada. 

26 março 2016

Aquela moça



Sabe aquela garota que você vê todos os dias? E não sabe oque sente por ela é uma mistura de amor, raiva e admiração.
Bom meu caro amigo vou te contar algumas coisas sobre ela.
Em primeiro lugar ela não é uma mulher fácil, agora você vai dizer “Mas isso eu já sabia”. É claro depois de tantas investidas suas ela não caiu em nenhuma e lógico que não vai cair.

Ela não irá se entregar para você se não estiver verdadeiramente apaixonada, alias ela não irá se entregar para ninguém se não amar definitivamente essa pessoa. E você ai achando que ela não tinha coração, é claro que ela tem alias ela já amou muito e sofreu mais ainda. Alias ela ainda sofre afinal de contas 
o ultimo cara fez um grande estrago no coração da nossa moça.
Mas ela é forte e sabe que o mundo não vai parar para ela cicatrizar as feridas, por isso ela estuda trabalha, sai com os amigos, vai à balada continua sorrindo radiante, mesmo com o coração partido. E cá entre nós isso é oque deixa ela cada dia mais bonita e radiante.

Agora você sabe porque nem você nem tantos outros tiveram chance com ela. Essa moça não embarca em uma aventura de malas cheias, ela pega o avião de malas vazias para trazer só coisas boas. Não a julgue.  

16 fevereiro 2016

Afogamento

Você já escapou de um afogamento?
A vida dessa menina é muito parecida com um afogamento, ela está bem de repente vem uma onda e arrasta ela para um mar negro de tristeza e solidão.
Ela está no fundo de toda aquela escuridão tenta retornar a superfície para respirar, mas não encontra mais forças. E aos poucos vai deixando seu corpo ir afundando sua mente vai caindo no esquecimento.
E sua unica esperança é que alguém a veja afundando e a traga de volta para a superfície fazendo com que possa respirar novamente.

.

03 fevereiro 2016

Diário de uma menina estranha


De óculos, aparelho, roupas de estilo diferente, tímida,  uns quilinhos acima do peso, rosto maltratado pela adolescência assim eu era.Uma menina como tantas outras no mundo afora sofrendo diariamente com o abuso moral de pessoas que julgavam-se superiores a mim.
 Eu sabia que eu não tinha o corpo de modelo, muito menos de mulher fruta, não tinha o rosto de anjo, nem barriga chapada, não tinha cabelo de comercial de shampoo. Mas doía quando eu passava na rua ou em qualquer canto da escola e ouvia comentários maldosos.Me chamavam de monstro, bruxa  ou qualquer outra coisa, doía muito ver as pessoas me olhando torto.
Eu percebia que as garotas “bonitas“ eram melhor tratadas que eu.                                                             
Nunca pedir pra ninguém gostar de mim, me amar, ou me achar bonita, eu tinha espelho em casa e sabia que não era. Eu só não queria ser tratada como aberração, muitas das pessoas que me maltratavam nunca trocaram nem 2 palavras comigo, me destratavam por motivos puramente superficiais.  Se realmente me conhecessem iam ver que eu sou uma boa amiga capaz de estar lá em todas as horas sem pedir nada em troca.

Me pergunto se a maioria das pessoas sabe oque é segurar o choro por horas e horas? Oque é chegar em casa e chorar tudo oque pode, rezar pra Deus todos os dias para ele te levar logo e acabar com o seu sofrimento.  As vezes eu sentia que não pertencia a esse mundo, minha vontade era desaparecer.
A única sorte que eu tinha era ter poucas pessoas que me amavam pelo que eu era, pessoas boas sinceras que me faziam acreditar que o mundo ainda tinha salvação. Essas pessoas me fizeram querer lutar por uma vida justa onde eu fosse respeitada.

Não escrevi isso pra ninguém sentir pena de mim, muito menos para me vitimizar, escrevi isso porque ninguém nunca me perguntou como eu me sentia a respeito disso. Então resolvi contar da única maneira que sabia com a “ palavra escrita ”.